Atualização Google BERT

O Google lançou o que pode ser a maior mudança em seus resultados de busca nos útimos anos: a atualização denominada BERT.

O que é o Google BERT

O BERT (abreviação de Bidirectional Encoder Representations from Transformers) é a mais recente atualização que Google fez em seu sistema de pesquisa, e os especialistas a estão chamando de a maior atualização do sistema desde que o RankBrain foi lançado há 5 anos.

A atualização BERT foi anunciada em 24 de outubro de 2019, mas o Google informou que ela já estava em operação há alguns dias.

Segundo o comunicado, o Google diz que isso afetará 10% das buscas, o que significa que esta é uma das maiores atualizações do Google nos últimos 5 anos.

O que é a atualização do algoritmo BERT?

Para os leigos, o BERT é um sistema que ajuda o Google a entender melhor o que as pessoas procuram quando buscam.

É uma atualização do processamento de linguagem natural do Google, usada para combinar uma consulta de pesquisa com o conteúdo de uma página.

Essencialmente, esse é o próximo passo à frente na busca do Google para entender melhor a linguagem natural em seu contexto e fazer corresponder os resultados de buscas o mais próximo possível da intenção do usuário.

Esse é apenas um dos muitos sinais que o Google usa para entender e comparar as consultas de busca aos resultados.

Por exemplo, o Google pode captar os sinônimos usados ​​nas consultas de busca e combiná-los com a palavra real em uma página. Também pode detectar erros de ortografia. Tudo isso visando melhorar a interpretação de uma busca.

Mas o BERT não entrará necessariamente em ação para todas as buscas. Em vez disso, será usado consulta por consulta e, dependendo de cada consulta, um ou todos os métodos acima podem ser usados.

O BERT afetará os resultados da busca orgânica e os snippets destacados (featured snippets).

BERT, RankBrain e processamento de linguagem natural

O BERT baseia-se no trabalho que o RankBrain (primeira Inteligência Artificial do Google para consultas de busca) vem realizando.

Introduzido há 5 anos, o RankBrain é um algoritmo de inteligência artificial de aprendizado de máquina que o mecanismo de busca do Google usa para processar resultados de pesquisa.

A adoção de IA como o RankBrain representa uma mudança na abordagem do Google aos seus resultados de busca. Em vez de se concentrar principalmente nas palavras-chave, ele conta com o processamento de linguagem natural para ajudar a entender melhor o contexto por trás das palavras-chave.

Ao fazer isso, ele pode associar com mais precisão uma pesquisa por “como usar scarpin vermelho” com um artigo contendo dicas e truques para usar scarpin vermelho em ocasiões mais sofisticadas, em vez de simplesmente uma loja de comércio eletrônico que vende calçados femininos, por exemplo.

Naturalmente, o sistema evoluiu ao longo dos anos. É aí que entra o BERT.

Como o RankBrain, o BERT é uma tecnologia destinada a ajudar o Google a entender melhor a intenção e o significado por trás das consultas de buscas. É o próximo passo na evolução.

Por serem sistemas independentes, tanto o BERT ou o RankBrain podem ser aplicados ao processar uma solicitação de pesquisa, dependendo da complexidade.

Quando o Google usará o BERT?

Segundo o Google, o BERT tem como objetivo ajudar a entender melhor as nuances e o contexto das palavras usadas nas buscas e, assim, combinar essas buscas com os resultados mais relevantes.

Para ilustrar, o Google fornece alguns exemplos.

No primeiro exemplo, o Google mostra como os resultados da busca são alterados ao interpretar quando um usuário está procurando informações sobre como viajar “para os Estados Unidos” versus “dos Estados Unidos”.

Primeiro, o Google apresentou uma busca por “2019 brazil traveler to usa need a visa” (viajante brasileiro para os EUA precisa de visto 2019). Essa parece ser uma pesquisa simples, mas o Google ressalta que o uso de “para” aqui é incrivelmente importante.

Antes do BERT, o Google provavelmente retornaria resultados focados em viajantes dos EUA que estavam no Brasil. Mas com o BERT, ele pode escolher como uma palavra pequena como “para” pode mudar a intenção da pesquisa.

Bert Google exemplo

Da mesma forma, no exemplo seguinte, em uma busca por “Can you get medicine for someone pharmacy” (Você pode conseguir remédio para alguém), o resultado anteriormente apresentado seria, simplesmente, instruções de como conseguir obter remédio.

Mas, graças ao BERT, o resultado agora coincide mais com a intenção da busca, pois entende o fato de que o usuário está realmente procurando informações sobre como obter uma receita para outra pessoa.

O Google também deu um exemplo de BERT usado em um resultado de snippet destacado. 

Neste exemplo, o Google usou uma busca por “Parking on a hill with no curb” (Estacionar em uma ladeira sem meio-fio).

Atualização do algoritmo do Google Bert

Anteriormente, uma busca como essa confundia os sistemas do Google que davam muita importância à palavra “estacionar” e ignorava a palavra “não”, sem entender o quão importante essa palavra era para responder a busca adequadamente. Por isso, os resultados apresentavam como estacionar em uma ladeira com calçada.

Em resumo: o Google observou que antes, os resultados enfatizavam a palavra “meio-fio” e não a palavra “sem”, o que produzia um resultado distorcido. Agora, o snippet destacado é muito mais relevante para essa busca em questão.

Como o BERT afeta o SEO?

É importante entender que o BERT analisa as consultas de buscas, não o conteúdo de uma página.

Portanto, embora não haja muito o que fazer para otimizar diretamente o BERT, isso significa que você deve dobrar seus esforços para criar conteúdo relevante e de qualidade.

À medida que o Google melhora a compreensão da linguagem natural e revela os reais significados e o contexto por trás de muitas buscas, também ficará melhor encontrar as páginas que se encaixam nessas buscas.

Isso significa que um conteúdo escasso e mal escrito provavelmente não será adequado para isso.

Em vez disso, concentre-se na criação de conteúdo voltado para as perguntas reais que seu público está fazendo.

Os profissionais de marketing também podem ter vantagem incorporando seções de perguntas frequentes, focadas não apenas na densidade de palavras-chave, mas em respostas de qualidade.

No que diz respeito aos fragmentos em destaque (featured snippets), recomenda-se a marcação de páginas com o esquema de perguntas frequentes (FAQ) para aumentar a probabilidade de sua página ser selecionada pelo BERT.

Além disso, lembre-se de que, como os snippets destacados são capturados com bastante frequência nos resultados da busca por voz, o BERT provavelmente também terá um grande efeito na busca por voz.

Então, o que a atualização do Google BERT significa para você?

Simplificando, o BERT é uma grande oportunidade.

O próprio Google está chamando o BERT de “o maior salto à frente nos últimos 5 anos e um dos maiores saltos à frente na história das buscas”.

Embora a intenção do BERT seja beneficiar os usuários, parece inevitável que isso afete a forma como os sites são classificados nos resultados de busca.

Você deve monitorar de perto o seu ranking nas próximas semanas. Se notar alguma queda, avalie o conteúdo da página e verifique se este conteúdo corresponde à intenção de busca do usuário.

Fernando Gallas

Desenvolvedor web desde 2001. WordPress, PHP, Python.

Comente